quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Coisas que Brasileiros não devem fazer no Japão


1. Abrir a porta para convidado conseguir sair de casa na hora de despedida.
Ao contrário do costume brasileiro, quem convidou seu amigo para sua casa não deve abrir a porta para o convidado conseguir sair de casa na hora de despedida. Porque esta gentileza dá impressão de que quem convidou queria que o convidado fosse embora o mais rápido possível. Portanto, o convidado precisará abrir a porta com sua própria mão na hora de ir embora. Assim ele foi embora com sua própria vontade.


2. Visitar a casa do amigo sem levar nenhum presente.
Quando visitar a casa de um amigo, é obrigado levar alguns presentinhos tais como doces, bolos, salgadinhos, nada coisa muita cara, como uma educação. Quando os dois são estudantes, não têm necessidade de fazer isso. Porém,quando os dois são adultos que já trabalham nas empresas, seria melhor levar alguns presentes.

E quem convidou precisará oferecer algumas comidas e bebidas tais como doces,bolos e salgadinhos na sua casa,com o objetivo de agradar os convidados.Detalhe.Não pode oferecer aquele comida que o amigo trouxe como presente, o que é considerado como a falta de educação.

3. Falar “Tim Tim” na hora de brindar.
Como atriz brasileira já comentou sobre isso no programa do Jô Soares, se não me engano, “Tim Tim” é aquela coisa de homem. Portanto, não deve dizer isso em nenhum momento lá no Japão. Em vez disso, o que é certo para dizer no momento é “Kanpai”(Saúde) em japonês.

4. Perguntar a idade para mulheres que parecem ter mais de 25 anos
Acho que esta regra é universal. Porém, vou colocar aqui como uma etiqueta que tem que ser cumprida.


5. Perguntar se tem namorado ou não 
Há muitos brasileiros que perguntam se tem namorada ou namorado já no primeiro encontro. Porém, isso é considerado como falta de educação lá no Japão. Aliás,os japoneses têm tendência de esconder a existência do seu companheiro o máximo possível.

6. Perguntar sobre quanto a pessoa ganha.
Eu pensava que esta regra também era universal. Porém, eu já me encontrei com vários brasileiros que perguntaram a respeito disso. É melhor não perguntar sobre isso para os japoneses.


7. Abrir presente na hora de recebê-lo sem que seu amigo não autorize.
Aqui no Brasil, normalmente quem recebeu presente abri o presente na frente da pessoa que deu, diferente do costume no Japão. Depois precisará agradecer pelo ato bem como aqui no Brasil.No Japão quem recebeu presente guarda o presente em algum lugar e dificilmente abri-lo na hora para saber o que está dentro, o que é considerado como a falta de educação. 


Aliás, quem recebeu o presente precisará dar presente de volta nas outras ocasiões.

8. Elogiar seu (sua) namorado(a),esposo(a) e sua família para seus amigos.
Pela tradição japonesa, as pessoas não devem valorizar e elogiar seus companheiros tais como namorado(a),esposo(a). Este atitude é considerado como uma atitude exibida. No Japão, as pessoas precisam ser humildes.Ou seja, se você quiser fazer amigos em vez de inimigos, seria melhor apenas apresentar seu companheiro para os amigos. 



9. Recusar bebida dada pelo superior na festa
Se quiser promoção na empresa onde você trabalha, seria melhor não recusar bebida oferecida pelo chefe ou pessoa de cargo superior. Caso ele seja pessoa chata, ficaria difícil de conseguir promoção posteriormente.


10. Dar dinheiro cujo número é par no casamento.
Os japoneses têm costume de dar dinheiro em várias ocasiões tais como casamento, funeral, nascimento de filho e ingresso de filho na escola primária,etc.O número par pode ser “dividido(separado)”. Ou seja, esse número lembraria “separação”, o que não é adequado para festa de casamento. 



Portanto,quando um convidado oferecer dinheiro para casal no casamento, a quantia de dinheiro tem que ser número impar tais como 10000 iens,30000 iens e 50000 iens.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário