sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Cientistas malucos estão desenvolvendo animais humanos

-->
Cientistas malucos ao redor do mundo estão “brincando” com a geração da vida desenvolvendo animais humanos. Hoje, graças aos avanços extraordinários no campo da modificação genética, os cientistas agora são capazes de fazer coisas que antes eram impensáveis ,monstros parte híbrido / animal parte humana estão sendo criados por cientistas de todo o planeta e tudo isso é perfeitamente legal.
Os cientistas justificam a mistura do DNA de humanos e animais, dizendo que vai ajudar a cura de doenças e alimentar o mundo”, mas a realidade é que toda essa modificação genética é uma grande ameaça para a raça humana. É apenas uma questão de tempo antes que os humanos começam a ser geneticamente modificados, a fim de “combater doenças” ou “melhorar” suas habilidades.

Futuro não muito distante vamos viver com humanos com parte de animais , se nada for feito.
A tentação de inserir genes de animais ou plantas nas pessoas, a fim de criar “super soldados” ou uma “raça superior”, certamente, tornar-se demasiado tentador. A menos que algo seja feito para conter tudo isso, aparentemente, é quase certo que os cientistas estão desencadeando a mudança genética da raça humana. Uma vez que os seres humanos começam a produzir essa modificação os seres humanos normais não podem colocar o gênio de volta na garrafa. Com o tempo, pode chegar ao ponto onde haverá poucos seres humanos”100%” .
Jeremy Rifkin e sua pergunta: estamos à beira de um renascimento biológico, como alguns acreditam, ou semear as sementes da nossa própria destruição? soou o alarme no jornal Los Angeles Times sobre o que está acontecendo no campo da pesquisa genética, e essas amostras para fins terapêuticos híbridos, meio humano, meio animais, ninguém sabe ao certo a onde levar este trabalho.
O Stanford propõe injetar células humanas a partir de um feto de rato, criando assim uma variedade de rato humanoide com um 1% humano. Ele também pretende criar um rato com células humanas 100%.
Por outro lado, tal como relatado por Der Spiegel , Max Planck Institute cientistas na Alemanha introduzir células estaminais humanas nos cérebros de macacos, a fim de desenvolver tratamentos potenciais para algumas doenças genéticas neurodegenerativas . E na Universidade de Reno, Estados Unidos, conforme relatado pela MSNBC , há um rebanho de ovelhas de cinqüenta possuindo parcialmente fígados humanos, corações com células humanas e cérebros humanos. É o primeiro rebanho de animais “humanos” que a registro.
Curta nossa Fan Page e acompanhe nossas postagens pelo Facebook.
Compartilhar no Facebook

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

2 comentários: